Viagem à Val-D’Or e paisagens do Québec

Oi pessoal, hoje temos mais um vídeo de viagem.
Dessa vez, fiz uma viagem à trabalho para uma cidadezinha bem no centro de Québec chamada Val-D’Or, o que significa do francês para português Vale de Ouro. Não preciso explicar o porquê, certo? Hehehe
A cidade tem em média 35.000 habitantes e é bem pequenininha. Conheci uma menina na farmácia que trabalhei, que me contou que de uma ponta a outra da cidade dá em média 45 minutos de caminhada. Até fiquei tentada, mas tínhamos um jantar e outros compromissos e não conseguiria fazer o percurso antes das 10:00pm, então resolvi deixar pra lá.

A estrada para chegar até Val-D’Or é bem agradável, com muita vegetação dos dois lados. Vocês podem ver mais detalhes no vídeo abaixo.





Prato delicioso de aspargos, quinoa, tomates e queijo de cabra com camarões. Bar Bistrô L’Entracte
Queria só esclarecer uma coisinha que no vídeo eu não soube explicar então tive que dar uma estudada mais profunda no assunto para não passar informação errada pra vocês. Como chamar um “índio” canadense ou norte-americano de uma maneira não ofensiva?
O que acontece é que o nome índio teoricamente não poderia mais ser usado (digo teoricamente pq ainda existem organizações que levam no nome a palavra indígena). E por quê índio, nativos ou mesmo aborígena são termos que não podem mais ser usados? A resposta é meio complexa mas vou simplificar:
Primeiro, índio foi um nome criado por estrangeiros, no caso Cristovão Colombo, que pensou ter chego na Índia quando “descobriu” a América e nomeu os locais de índios e assim ficou. Só que essa não é a maneira como essas pessoas se conhecem, não é como eles querem ser chamados. Pelo menos aqui na America do Norte.
American natives, ou nativos americanos. Outra maneira errada, pois quem nomeou a América de América foi o explorador italiano Amerigo Vespucci. Então teoricamente eles seriam nativos (naturais) de onde? Da América, e não do lugar que eles já eram habitantes e “donos” antes dos estrangeiros chegarem.
Aborígena. Se traduzirmos ao pé da letra, significa: Não original, então não preciso nem falar o porque eles não gostam de serem chamados assim né?

Agora fica a questão: Então como chama-los? Simplesmente de First Nation people, ou povo da primeira nação. Pois afinal, eles estavam lá, na primeira nação antes dos estrangeiros chegarem e lutarem entre si por suas terras.

Espero que tenha esclarecido um pouquinho da história para vocês. Agora eu também aprendi e vou me policiar quando a palavra índio vier na cabeça.


Linda first nation 
Me digam o que acharam e se gostaram do vídeo aqui nos comentários ok?


Um beijão e até semana que vem!!
Bom fim de semana todo mundo!

Mirella.

Gostou? Então deixe sua impressão aqui.