Cirque Du Soleil

Bom pessoal, pra quem nao sabe, fui contratada pelo cirque como fly-in (pessoal que voa somente para fazer a montagem e desmontagem da vila, que pode ser para somente um espetaculo ou mais) para trabalhar aqui em Seoul (a montagem ja acabou, agora soh na desmontagem… nao vejo a hora) e para a proxima cidade que fica nas Filipinas (Manila), ja que estou aqui com o JF, e o circo nao precisa gastar dinheiro pagando passagem daqui pra montreal, montreal para ca (a maioria dos fly-in sao canadenses) e tambem economizam com moradia, ja que nao preciso de um quarto somente meu.. isto significa economia e vantagem tanto pra eles, quanto pra mim.
O meu trabalho nesta primeira vez foi basicamente aprender, pq apesar de ja ter trabalhado como usher (recepcionista), o trabalho da montagem é muito diferente e também ajudar em tudo que o pessoal responsavel pelas tendas precisasse. Foi muito interessante trabalhar com pessoal de varios lugares do mundo, um show de experiencias. Vou explicar mais ou menos como funciona o esquema da montagem ok?!
Primeiramente os meninos (incluindo meu amor) fazem a marcaçao no chao de onde ficarao todos os pinos e sustentaçoes para tendas, mastros, e tudo que deve ser erguido. Isto é, para tudo. O JF me falou que nessa marcaçao de seoul eles tinham um limite de erro de 1 milimetro, pois o site (lugar onde fica o circo) é super pequeno e nao existe a possibilidade de erro. Depois desses alguns dias de marcaçao (+- 5 dias), começa a montagem com todo o pessoal, sao varios “departamento”, e como ja disse, fiquei com o pessoal responsavel pelas tendas (eu e todas as namoradas), sao eles: Alex, Hivanir, Edivio e Chopper. Ja logo no primeiro dia, montamos a tenda artistica. A montagem começa quando erguemos os mastros de sustentaçao, depois abrimos plasticos para proteger o conves (a tenda azul e amarela que todos conhecem, e que nao pode ficar em contato com o chao para nao estragar, ja que é muito cara), depois abrimos o conves, encaixamos no mastro, entramos dentro da tenda, limpamos por dentro, erguemos o conves, colocamos as barras laterais erguendo-as até 90graus. Neste ponto, a tenda ja esta de pé, mas sem o conves lateral. Entao la vamos nos com todos os coreanos pegar as “paredes” e coloca-las em seus respectivos lugares. Depois disso, sao os pequenos detalhes que temos que fazer (como laçar todas as cordinhas, para que nao fiquem soltas e feias), laçar o teto com as paredes, para que o vento nao leve a tenda embora.. entre outras coisas.
Todas as tendas sao erguidas da mesma maneira, sao elas: big top (tenda onde fica o palco), e a concession (onde ficam merchandising e comidas e bebidas), depois é a vez do tapis rouge (area vip).
Dentro da Big top, ajudamos também na montagem das arquibancadas (montadas ao mesmo tempo que o palco) e depois o que eu ja tinha feito muitas vezes como usher, o dia das cadeiras (que diferente do quidam, sao cadeiras individuais.. muito mais complicado de montar).

Eu sei que fica dificil de entender, mas tentei explicar da maneira mais simples.. Tenho aqui algumas fotos que vao deixar tudo mais claro na cabecinha de voces, ok?!

Momento de erguer a tenda, usando as barras laterais. Essa foto foi na montagem do Quidam (ultimo espetaculo apresentado no Brasil). Foto retirada do facebook de Natalia Lombardi, nao sei de quem é a autoria, pois ela e as outras rolam no facebook de muita gente.

 Uma lateral ja erguida. Quidam Brasil. Foto retirada do facebook de Natalia Lombardi

Mesmo processo, mas agora na Big Top.. reparem no tamanho da tenda, isto é apenas 1/4 dela. Quidam Brasil. Foto retirada do facebook de Natalia Lombardi

 Big Top por fora, antes de ser erguida pelas barras laterais. Quidam Brasil. Foto retirada do facebook de Natalia Lombardi

 Montagem das arquibancadas. Quidam Brasil. Foto retirada do facebook de Natalia Lombardi

 Eu em cena.. hahaha. Varekai Seoul 2011

 Hora do break. Varekai Seoul 2011

Bom pessoal, é isso ai.. espero que voces tenham entendido mais ou menos como funciona o processo de monategem do cirque. Lembrando que Varekai é um dos 11 espetaculos em turne do Cirque du Soleil e o proximo a chegar no Brasil. A primeira cidade vai ser Sao Paulo, em agosto deste ano.
Beijos à todos, fiquem com Deus.. saudadesssss

Gostou? Então deixe sua impressão aqui.